sábado, 6 de fevereiro de 2010

NY is a friendly city

Uma vez um amigo meu enviou-me um postal com esta frase e eu nao posso concordar mais com ela. Estou a adorar regressar a esta cidade, onde ja tinha estado ha 3 anos atras, num contexto "ligeiramente" diferente.
Nao vou estar a dizer que NY e uma cidade de contrastes, porque seria demasiado cliche e porque essa caracterizacao se aplica a quase todos os locais cosmopolitas. Mas na verdade torna-se dificil tentar falar de Manhattan sem recorrer a algumas frases feitas.
Aqui, todas as imagens pertencem ao imaginario cinematografico que conhecemos desde pequeninos. os arranha-ceus naturalizam-se num apice e sentimo-nos sempre confortaveis e seguros. Que bom voltar a passear por estas ruas!
E quanto mais conheco o espirito e a dinamica desta cidade, mais facilmente percebo o lastro de trauma deixado pelo 11 de Setembro. Eu que na altura reagi com tanta indiferenca e ate desprezo, consigo agora partilhar um pouco desse drama.
Mas enfim, falando de coisas mais alegres e actuais: nos ca continuamos nas nossas passeatas pela big apple que nunca dorme.
Na quarta-feira demos uma grande volta de bicicleta. Estava algo receosa. Temia baralhar-me no meio do transito e provocar algum acidente. Mas NY revelou-se, inesperadamente, o paraiso daqueles que nao andam muitas vezes em cima de duas rodas. As ruas sao amplas e os carros ja estao habituados aos velocipedes. Nunca imaginei que pudesse desfilar de bicilceta pela Broadway, com um sorriso nos labios. Mas foi exactamente isso que aconteceu! :) E depois seguimos ate a pontinha da ilha, sempre a pedalar. A luz do entardecer estava linda!
A noite fomos visitar o little flat do Joao. E bem pequenino, mas muito central. Comemos tipica comidinha portuguesa: ovos escalfados com ervilhas! E conhecemos a Andreia!
Ontem o momento alto foi a visita a exposicao do Tim Burton no MoMa. Muito muito muito bom. Ficamos encantadas com tanta genialidade, quer na estetica, quer na escrita. A criatividade daquele senhor e de facto de se lhe tirar o chapeu. So conhecia o artista atraves dos filmes, mas fiquei com curiosidade de conhecer mais sobre esta mente brilhante. Assim que puder vou pesquisar :)
E depois o dia acabou no Burger Joint, a saborear deliciosos hamburgers.
Vejam as fotos que acrescentamos! Do lado direito!
Hoje vamos brunchar a Brooklyn. Depois contamos :)

2 comentários:

Racas disse...

Já te estou a imaginar, Nokinha, a desfilar em plena Broadway com um sorriso nos lábios! Continuação de boas "pedaladas", agora noutras vertentes! BJOCAS

Pedro Marques disse...

Esse amigo que enviou o postal e claramente um genio :)

Aproveita e boa viagem